25 de mar de 2011

SUPREMO

Mais uma vez o Supremo Tribunal Federal decepciona. Os entogados senhores se comportam acima dos interesses da nação ao decidirem que a "lei da ficha limpa" só deve ser válida nas próxima eleições. Na verdade, o Supremo é uma instância antipática, a começar pelo próprio nome, algo que sugere uma espécie de divindade. Constantemente vemos aqueles que deveriam servir ao povo colocarem-se acima do bem e do mal. Eles desconhecem o significado da palavra humildade e vivem encastelados no seu mundo de leis e privilégios.

Nenhum comentário: