20 de set de 2010

OS SONHOS DO ASTRONAUTA

Durante muito tempo sonhei em ser astronauta. Dos seis aos 15 anos, algo assim. Depois o prazer de apenas olhar as estrelas e hoje me contento em saber que somos todos feitos do mesmo material. Não sonho mais em viver num país justo, talvez seja mais provável que se descubra vida em outros planetas. Se bem que minha concepção do que seja vida mudou bastante, mas isso é uma história complicada demais. O combustível da vida é feito de sonhos. Eu tenho um estoque, que anda meio baixo ultimamente. Os sonhos são criados no coração. E o coração tem a mesma substância que acende as estrelas e faz brilhar os olhos. Neste sentido, quando meus olhos brilham o astronauta voa e eu me sinto mais uma vez um menino.

Nenhum comentário: