19 de ago de 2010

ARMADILHAS DO TRÂNSITO

A Fetranspor está promovendo um concurso sobre eficiência em transportes ou sugestões no setor, ouvi no rádio acerca do certame. Pretendo participar, claro. Adoro esses concursos e a possibilidade de embolsar um "extra". Vou relatar a experiência implantada no trecho que vai de Araruama a Cabo Frio pelas autoridades estaduais em sua rodovia. Para garantir a ausência de acidentes e controlar a velocidade, implantaram sinalizadores, "pardais", redutores, areia movediça e pântanos artificiais de crocodilos. Sem contar a buraqueira tradicional, os recapeamentos irregulares, as barreiras policiais e os ataques de índios. Agora a autoridade "bolou" uma nova modalidade de extorsão do dinheiro dos motoristas. Colocam nos 45 km que separam os dois municípios placas indicativas de fiscalização eletrônica. Só que não há qualquer dispositivo eletrônico ou armadilha das que mencionamos antes. Um carro verde e branco fica postado em qualquer lugar, a qualquer momento, para multar suas vítimas. Assim, a tensão é constante. A multa pode ocorrer a qualquer instante e em qualquer lugar. Qualquer carro ou casa verde e branco causa apreensão. Certa vez dei uma freada brusca por causa de uma moça de saia verde e blusa branca. Mas as autoridades não vão parar nisso, acreditem. Eles querem nos sugar e não vão se aquietar. Anuncio em primeira mão: agora serão instaurados redutores em nossas garagens. E nas ruas vicinais também. Para ir comprar pão, se for de carro, tenha cuidado. Na verdade, o grande sonho da autoridade pública é multar pedestres. Enquanto isso, nós pagamos impostos e multas por usar carro, sem ter contudo qualquer contrapartida. Bem... pelo menos por enquanto externar a opinião não resulta em multa...

Nenhum comentário: