12 de jul de 2010

VÍRUS, BUROCRACIA E FINAIS SEM FIM

Nem de vírus podemos esperar inteligência ou pelo menos um mínimo de maledicência, poxa! Recebi a seguinte mensagem: "Seu blog foi indicado para edição 2010! Participe do Prêmio Top Blog". Logo após, as instruções: dar baixa de uma foto, inserir, etc. etc. Só se eu fosse muito trouxa! Umas poucas almas generosas se dão ao luxo de ler o que aqui escrevo; e só mesmo minha terapeuta honorária acredita que eu possa vender espaços publicitários neste blog. Eu sei que pessoas ansiosas com "s" desejam minhas receitas culinárias; também sei que o capeta sempre que o fogo permite dá umas olhadinhas; sem contar os tradicionais inimigos, é claro. Portanto, um reles vírus tentando me engabelar com essa história de prêmio. Ah! Eu tinha outra coisa importante a dizer. Era a respeito de burocracia ou a respeito de qualquer coisa que não merece o menor respeito. Mas deixemos esse assunto de lado, porque agora eu tenho grandes contas a acertar. Há um mosquito debaixo da mesa e... (adoro finais sem fim)

2 comentários:

Fabíola Salustiano disse...

afff...a modéstia muitas vezes apaga os talentosos,vou ter que provar para você mesmo seu potencial né?Afff...saudades!

Fabíola Salustiano disse...

afff...a modéstia muitas vezes apaga os talentosos,vou ter que provar para você mesmo seu potencial né?Afff...saudades!