11 de jul de 2010

EXPERT

Mais uma vez me sirvo da ciência aplicada às artes culinárias. Nós, os grandes mestres da cozinha, estamos sempre em ousadia, mas com base em boas e sólidas teorias. Recentemente foi o frango à milaneza. Milaneza é como leite condensado - sempre dá bons resultados. Que beleza: frango, chuchu, berinjela... Senão, vejamos. Peguei o frango com luvas, é evidente. Tenho nojo daquela coisa molóide e cheia de fibras e nervuras suspeitas. Atirei-a sem piedade à farinha de rosca. Bem que eu desconfiei que o "experimento" tinha algum procedimento fora de controle. Soube depois que seria necessário besuntar em ovo para que a farinha grudasse na coisa, digo, no peito de frango. Nós, os cientistas, encaramos o fracasso como um estímulo. Então, criei um método. Dei umas pancadas no peito de frango para que ele ficasse esticado... e... Bem, o ovo vem primeiro ou é a farinha de rosca? Fez pouca diferença e confirmou a sentença: a ordem dos fatores não altera a milaneza. Como suga óleo, meu Deus. Ainda bem que uso o de canola! Solicito a todos que não repitam a experiência sem a presença de um expert no assunto. Cozinhar é para quem sabe e não para quem quer...

Nenhum comentário: