17 de nov de 2009

A PESQUISADORA E O PEIXE

No fim de semana foi a reunião com a pesquisadora Denise Jodelet, verdadeira fera no campo de pensamento a que me dedico. Ela ouviu minhas ponderações e ousadias. Para minha surpresa, autoconvidou-se a minha banca de defesa de tese: é muita responsabilidade! Não sei quantos anos a venerável intelectual deve ter, mas é fascinante ver tanta lucidez e disposição em plena atividade. Confesso ter pouca inclinação ao "tietismo", gosto do trabalho dela e ponto. Fiquei feliz em conversar com uma lenda viva, nós brasileiros também temos muito a dizer. Mesmo que minhas pesquisas relativizem cada vez mais essas explosões identitárias.
Na verdade eu quero boas notícias e na falta delas preciso ouvir Bob Dárin em doses cavalares. Obrigado, Jodelet. Se vier à minha banca mesmo, da tão distante França para ler um mero homem de Sucupira - se vier, obrigado. Será mais uma emoção na vida desse Peixe Grande... Enquanto isso:
Oh, the shark, babe, has such teeth, dear
And it shows them pearly white
Just a jackknife has old MacHeath, babe
And he keeps it … ah … out of sight.

Nenhum comentário: