8 de nov de 2009

AINDA COCO

Audrey Tautou não é bela no sentido convencional do termo. Eu me lembro de Amélie Poulain que se transformou em Coco Chanel, os olhos negros doces ficaram penetrantes. Fiz um curso sobre o pensamento de Castoriadis que tinha takes do Incrível Destino de Amélie Poulain. Gosto muito de histórias de mulheres fortes e poderíamos ter filmes sobre Nair de Tefé ou quem sabe, Leila Diniz - se é que não existem. Às multidões de Amélias deixo apenas o silêncio e o pior dos sentimentos: a pena. Calor infernal. Vamos às tarefas...

Nenhum comentário: