5 de set de 2009

A ESCOLHA

Eu dizia um dia desses em sala que fome todo mundo tem, mas é a sociedade que nos fixa os horários - nossas refeições são determinadas pela hora e não pelo estômago. A criança que ainda não foi socializada come a qualquer hora, movida apenas pela necessidade. Ao longo dos anos perdemos o contato com nosso próprio corpo, agindo em função do que aprendemos. E assim também desconhecemos a importância da intuição, espécie de sexto sentido que nada mais é senão nossa comunhão com o universo. Reflito sobre o assunto com frequência. O uso correto da intuição nos dá o momento certo de agir ou de fugir, independentemente da opinião alheia. Geralmente, ficamos com a opinião dos outros. Vejo muitas pessoas perderem boas oportunidades por vacilarem em momentos decisivos ou simplesmente caírem em buracos... E uma oportunidade, seja ela em que nível for, dificilmente se repete. O amor, o bom emprego, a sorte - e mesmo o azar, o infortúnio, a desgraça, enfim - o limite entre viver bem ou mal é tênue. Mas cai na esparrela quem quer! Um exemplo tosco: o cara é grosso, beberrão e mulherengo. Sua noiva acredita no milagre de consertar o sujeito durante o casamento. Ninguém acredita - mas ela está cega de paixão ou necessita casar a qualquer preço. A vida é feita de escolhas e saber usar a intuição é um grande capital que não deve ser desprezado.

4 comentários:

btv disse...

fazemos nossas escolhas querendo ou nao... e o tempo nao nos espera, mas um sabio me disse que sempre há alguma coisa boa guardada. entao mesmo que nossas escolhas sejam ruins devemos ter esperanças.

Anônimo disse...

Nem sempre temos o direito
De escolha...Depende muito
da forma em que fomos criados...As vezes uma ciação mais reprimida,nos impede de fazer nossas próprias escolhas.Mas se não podemos mudar a direção do vento,mudamos a direção da vela.Ótima postagem...Um grande bj!

Licer disse...

Nem sempre temos o direito
De escolha...Depende muito
da forma em que fomos criados...As vezes uma ciação mais reprimida,nos impede de fazer nossas próprias escolhas.Mas se não podemos mudar a direção do vento,mudamos a direção da vela.Ótima postagem...Um grande Bj.Lice

Anônimo disse...

Cuidado...exite mais gente sabendo do BTV de vcs e de muitas outras coisas....