10 de ago de 2009

SONHOS SEM SISO

Hoje foi embora um dente siso. A dentista o arrancou sem dó. Estamos em agosto e como venta lá fora. Gosto de vento. O meu herói favorito era o Thor. Estou um tanto desconectado nas frases, talvez seja o vento. Ou a saudade do dente. Eu às vezes sonho coisas tão impossíveis que parecem indecentes... a mim. Os ventos levam meus sonhos, espero que batam nas vidraças certas. "Mourão, mourão, toma seu dente podre e me dá outro são." Um homem sisudo, alguém de siso tem juízo. Qual a relação entre o dente e o caráter de um homem? Os sonhos ninguém pode me arrancar. Nem o tempo ou as dificuldades. Eu sonho e ainda encontro alguém que embarque neste vento comigo, com ou sem siso.

3 comentários:

btvvvvvvvvv disse...

se as coisas impossíveis, que sonha, lhe parecem indecentes é por que talvez não sejam impossíveis. se fossem tão impossíveis talvez não teriam uma conjugação, então, é bom sonhar mesmo com coisas impossíveis, mesmo com coisas indecentes... sonhar, sonhar, e ainda ter muitas coisas pra sonhar!!!

Aline disse...

Por isso o perfume...o vento e os sonhos...rs...
O dente não faz falta, o caráter faz...o amor faz...a amizade faz...rs
O monitor é outro...a lan também...as frases também...
Nada é impossível...sonhe!!

Patrick Gomes disse...

Comentário 1: coloque o dente debaixo do travesseiro, se a fada do dente não atender seu pedido pode ao menos deixar uma moeda.

Comentário 2: Agora sim posso confiar em você, afinal, "não confio em ninguém com 32 dentes" rsrs

abraço mestre!