17 de jan de 2013

Chove bastante lá fora. É gostoso ouvir o ruído sobre o telhado. As gotas teclam o som da natureza. O tempo permanece abafado. Descanso e escrevo essas duas linhas singelas. Estou aqui, vivo, são quase 20 horas de janeiro, 2013. Chove e eu me regozijo de estar vivo.

Nenhum comentário: