1 de mai de 2012

INGENUIDADE

E quem não comete atos de ingenuidade? Recentemente, comigo foi assim. Ao chegar numa loja me deparei com um problema inusitado. O balconista fizera uma cirurgia por causa de uma agulha que havia sido "esquecida" no canal de seu dente. É apenas mais um caso criminoso, de profissional negligente ou incompetente com que nos deparamos amiúde. Não vacilei. Revoltado, escrevi para um deputado federal que conheço a seguinte sugestão. Que ele fizesse um projeto de lei tornando obrigatória a exibição do currículo acadêmico do profissional liberal, algo similar ao lattes. Creio que desta forma o papel formador das instituições de ensino seria valorizado. Afinal, ninguém gostaria de exibir um currículo com reprovações e notas baixas. Bem, e o que aconteceu? Nada! Nem uma resposta recebi do representante do povo. Pura ingenuidade! Qual deputado gostaria de colocar a mão num vespeiro desses? Enquanto isso, milhares de assassinos em potencial continuam clinicando ou prestando serviços aqui e ali...

Nenhum comentário: