13 de set de 2010

CINCO MINUTOS DE DOENÇA

Cinco minutos para escrever. Mantenho o blog apesar da falta de tempo. Aqui é o cantinho das intimidades, poderia se chamar Minha cueca, sei lá... Cometi o erro de fazer com que as postagens sejam também direcionadas ao facebook. Vou retirar, ainda que não me lembre agora como se faz. Aqui há pessoas desconhecidas, acredito não ter leitores - gente que se interessa por esse tom seco e melancólico que me caracteriza. Cinco minutos. Ouço o vento lá fora e me encho do ar que escorre pelas gretas da janela. Um ar frio e ameaçador eu diria. Tenho medo do futuro e deste vento que vem do Norte, ou seria do Sul? Li ontem o texto do Osho em que nos adverte sobre o tempo. Que o único tempo que importa é o presente, o resto é doença do ego. O mestre tem razão. Mas como deixar de ser doente?

Um comentário:

Nane disse...

Não pare de escrever em seu blog. É uma das maneiras que posso acompanhar suas evoluções. Beijos