14 de set de 2010

ALIMENTO DA ALMA

Exausto. Entrei em sala e deixei que as palavras fluíssem. Comecei com uma história do Oriente e depois destilei tudo o que a ciência do Ocidente diz. Aqueles dois bons alunos, homens maduros, falaram da satisfação pela aula. Não me sinto envaidecido. Colhi os elogios e os guardei na memória. Nos momentos de dificuldade são palavras que alimentam...

Nenhum comentário: