1 de jul de 2010

MAU PARA CHEFETE

O motorista parou o ônibus para fumar um cigarrinho. Deu quinze minutos para os zumbis esticarem as pernas. Não era a Barca do Inferno de Gil Vicente, que poderia tranquilamente receber Cristiano Ronaldo, nem o inferno celeste de Dante. Aquela mulher que cria patos e galinhas, esconde-se no mato para saber da vida alheia e abriu uma birosca deprimente diz: o filho da Nanci tem a cabeça cheia de letras. Hoje foi um dia cansativo e produtivo. Adoro quando as coisas se encaixam. Mudando de mau para chefete, agora, o que escrevo aqui também é lido no facebook, ou seja, cada vez mais perco aquela minha doce privacidade que me permitia dizer besteira aos montes. Besteiras construtivas, claro. Ficou claro o "mau para chefete"? Enfim, uma conclusão triunfal: foi contemplando um sorvete de creme com torta de maçã que descobri o lado cruel da vida, mas isso fica para a próxima... crônica?

3 comentários:

TDAH disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
TDAH disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabíola Salustiano disse...

...pensei em pedir uma dessa...a minha - burra - não me revelou nada que eu não soubesse.