10 de jun de 2010

VUVUZELAS

Copa do Mundo. Um grande acontecimento. Assistiria a todos os jogos se fosse possível. Sei da utilização ideológica dos esportes e das injustiças do mundo, mas não podemos viver como a Rainha do País das Maravilhas, apenas querendo cortar cabeças. Ninguém deve viver o tempo todo miseravelmente, como o dr. House. É bacana ver o povão com suas vuvuzelas, a expectativa, os preparativos, enfim. Mas não foi legal ver na abertura aqueles astros norte-americanos. São bons, eu sei. Mas... quantas copas os americanos ganharam até hoje? Nenhuma. Então, deveríamos ter lá nosso Caetano Veloso ou quem sabe um ídolo italiano, afinal Brasil e Itália são os maiores detentores de títulos. Ok, ok, nada de cabeças...Bafana, bafana, vuvuzela - como é sonora a língua africana!! Ô, bundo!

Nenhum comentário: