7 de mai de 2010

O COMENTÁRIO DA AMIGA

Fiquei matutando sobre o que ouvi e, confesso ao mouse, fiquei sem graça. Eu me senti pequeno e sem saber exatamente o que dizer - o que é raro em mim. Sei que o comentário da amiga foi apenas um comentário, mas há momentos na vida em que nossas fraquezas parecem ser mais dolorosas. Devo aceitar o que a vida me oferece e reconhecer claramente meus limites. Com a sensibilidade que caracteriza as mulheres a amiga percebeu a centelha. Posso reconhecer minhas fraquezas, mas não vou deixar nunca de sonhar. Estarei sempre na nuvem, mirada no horizonte, pensamento no além e no aquém. No céu sou praticamente invencível...

Um comentário:

Nane disse...

Ai amigo. Li e fiquei arrepiada. Como sou uma pessoa mestre em tecer comentários descabidos estou remoendo nosso último encontro para saber se foi algum comentário meu e tô começando a achar que foi rsrsrs. Bom, foi mal se comentei mais uma vez o que não devia comentar. Beijos