6 de abr de 2010

CHUVA

Nunca vi tanta chuva. O Rio de Janeiro se transformou em rio de abril. Atribuo todas as catástrofes e alterações climáticas à destruição insana do planeta pela atividade humana. Ontem, voltar para casa foi uma aventura tensa. O meu carro era um submarino. A população reclama das autoridades e as aves de rapina, de fato ou de direito, se aproveitam. "Eu vou fazer uma prece, prá Deus, nosso Senhor...". Onde foi parar o cd de Jorge Ben?

Nenhum comentário: