11 de abr de 2010

CAIXINHA DE SURPRESAS

Decepcionou-me a série O Pacífico, versão oriental de Band of Brothers. A dupla Hanks e Spielberg ou as cifras milionárias eram garantias para o nível dos filmes, que apenas repetem a fórmula anterior sem qualquer inovação, pelo menos não até onde assisti. Nem sempre dar continuidade a um sucesso é uma boa idéia. Esta é uma boa lição. Nem sempre o jargão "em time que está ganhando não se mexe" dá bons resultados. Já usei duas vezes "nem sempre"! Sabe aquela piada que muita gente achou engraçada? Nada garante que outro público vá gostar. E aquela "cantada" que sempre deu certo? A frase de efeito, o caminho, a resposta, a tentativa, enfim... Todas aquelas situações em que ser conservador parece ser uma boa opção. Mas também não existem garantias de que mudanças são necessariamente boas. Historicamente o homem sempre buscou controlar o futuro, seja pela utilização de oráculos, astrologia ou nas pretensões dos homens de ciência. A meteorologia previu para este fim de semana chuva e não choveu. A cartomante vai prever nosso grande amor, ou as novas equações da física nos ensinarão a viajar no tempo... Ah! Bem a propósito, preciso ver o novo Alice no País das Maravilhas...

Nenhum comentário: