2 de mar de 2010

UM

Chove. Ainda assim, por entre nuvens, o tapete de veludo. Não é preciso ter qualquer coragem para viver intensamente, basta estar disponível. Imagens, metáforas... já me disseram - "não entendo nada do que você escreve". A alma não é uma equação a ser resolvida. Não há lógica para sentimentos, use o coração e tudo se entende. Somos todos feitos do mesmo material que permeia todo o universo. Irmãos das estrelas, somos todos um. Em meio a tanta diversidade e dentro da unidade, o coração palpita... tum... tum... tum...

2 comentários:

MM disse...

Num canto onde descanso, escuto apenas o barulho do mar. O vento acaricia meu rosto, despenteia meus cabelos e o mar conversa comigo por meio das ondas que vão pra lá e pra cá. E eu que já não quero mais ficar, vou de mãos dadas contigo nesse desejo contido de ser um só com você.

Patrícia disse...

Um...Hum...

:)