7 de jan de 2010

A ROSA PÚRPURA DA LOUCURA

"Bem João, digamos que sou uma Cecília às avessas. Cansei de estar confinada aos limites deste espaço e hoje resolvi inverter os papéis. Eu escrevo, você comenta. Sou sua personagem e não escrava. Você não imagina como é monótona a vida dentro de um blog. E pior: você tem poucos comentaristas, provavelmente pelo que vejo, fofoqueiros e só. Aqui não se come, não se bebe vinho ou café, um dos meus vícios. É bem verdade que não envelheço e meus longos cabelos negros não precisam de tratamento algum. De vez em quando um photoshop até que cairia bem...
Resolvi sair. Isso, que nem a garçonete de A Rosa Púrpura do Cairo. Obrigado por ter me refinado tanto a ponto de fazer citações eruditas. O pinhão roxo foi desnecessário, João. Fique feliz. Sou sua criação mais perfeita, uma vez que o pobre Nicolino ficará no eterno esquecimento e o protagonista do Dom da Assinatura ninguém saberá quem é. Eu gosto de dançar na chuva e de gente inteligente, mas francamente... as hipóteses de seus amigos para a minha existência foram de amargar. Aproveito também para lhe defender publicamente: você não está morto, eu que nasci no seu lugar. Você não atrai gente louca e sim borboletas e demônios. Sendo assim você, meu criador, é uma flor - mas uma flor do mal.
Não volto mais. Cansei. E vou logo dizendo: pelo que vejo, não será difícil conviver no mundo real. É muita gente de mentira... e não me digam que sou pós-moderna! O apelido MM você pode até manter, mas não volto mais... Ei, João, ainda tem daquele licor? Hein? Hein?"

5 comentários:

Rápidas e Sorrateiras disse...

Por favor, volte imediatamente!
João Gilberto.

Cafo... disse...

Fale de mim, mas não fale por mim, fofoqueiro é o kct. Eu não vivo dentro de uma natureza morta e detesto as cidades de aço e concreto. Apesar de tudo, agradeço por estar aqui, o mar beija meus pés e me conforta, quando preciso. Não procuro textos na net, para montar meus comentários, nada de erudito, só coração...obsessivo, vivo.
" Não sou saudosista e não penso nos dias como contagem regressiva para a morte. Sou uma criatura da noite e me alimento do sangue da lua". (João Gilberto S. Carvalho - O dom da assinatura)

Patrícia disse...

:)
Em Algum Lugar do Tempo

Maria disse...

“Maria, - DESSA VEZ VOCÊ REALMENTE SE SUPEROU. Não seja tão dura assim! Invade meu blog, me vira pelo avesso. Provoca a maior confusão. Culpa-me, desculpa-me e pede desculpas. Quer escrever em meu lugar e eu apenas comentar. Abusa da minha generosidade!
Ademais dentre deusas, borboletas, loucos e demônios, que insisto em atrair, você Maria, mereceu minha atenção. Dei-lhe o nome do meu confeito preferido, lhe dei um lugar de destaque e lhe botei na contramão da mais perfeita criação.
Sim,... Tenho poucos comentaristas. Contudo alguns bem leais. Defendem-me! FOFOQUEIROS, DEFINITIVAMENTE NÃO. É apenas outra visão! Não tripudia Maria! Você é minha criação!
Saiba que estamos no mesmo barco. Eu, você, Nicolino, Maria e João. Não vejo porque a perfeição se sou sua inspiração.
Até agradeço a defesa. Mas sou uma fênix, não estou morto, não! Você é que precisa de mim para poder existir. Mas já que insiste em me assistir trocarei o mal pelo bem e lhe darei uma flor. Aceite, por favor.
E apesar da sua rebeldia, lhe peço uma coisa Maria: - Não desliga o projetor! E ainda um conselho lhe dou, você é poética, idealista, nem photoshop usou. Então fica aqui comigo MM. Pode beber meu licor. Mas não desliga o projetor! Sempre soube que iria ficar...
Aqui desse lado “pensando em você”. Lembro-me e vou terminar, como criador que sou, aquilo que começou “Quisera eu ser Cecília. Ser tão simples assim. Entrar numa sala escura, poder do mundo fugir e dar um sorriso ingênuo, mesmo com um final infeliz.” ” João

Mari disse...

"...você tem poucos comentaristas, provavelmente pelo que vejo, fofoqueiros e só."
???????????????
Sem comentários!