17 de jan de 2010

O SERIADO

O seriado acabou, mas eu gostaria que a história tivesse continuado. Mariko morreu e o lord Toranaga atingiu o shogunato. Não foi o típico final feliz. Foram 4 DVDs de 2 horas e meia cada. Tempo suficiente para eu me transportar ao Japão do século XVII, pouco antes do período Tokugawa. A vida é curta. Richard Chamberlain é um senhor muito bem apessoado, Toshiro Mifune faleceu, todo o elenco envelheceu ou morreu, é a vida. Quando o seriado Shogun passou na tv eu era um rapaz sonhador e agora sou um sonhador... não serei indelicado comigo mesmo, ora. Do longínquo século XVII ao tempo do rapaz sonhar muita coisa mudou, mas a essência dos sonhadores de todas as épocas continua a mesma.

Um comentário:

Maria disse...

A vida é curta. Essa frase saltou do texto e sem pedir licença ocupou toda a tela do monitor. Pior ainda, ficou piscando! Não no colorido original do escrito, preto e marrom para mim, mas num colorido néon que chegou a me ofuscar. Senti-me afrontada, e por causa da referência ao seriado "pensei" em Kanako, uma amiga japonesa que tem o maior tesão por homens brasileiros. Ela vive me perguntando sobre o comportamento deles. Sinto que virei uma espécie de conselheira amorosa para Kanako, contudo não gosto do papel. É muito difícil falar de amor!