1 de jul de 2009

CORRENDO

Fazer o percurso correndo era essencial para que eu adquirisse confiança. Ao fundo eu via a Serra da Castelhana em seu eterno flerte com o céu. Certa vez eu corri do Vale das Pedrinhas ao centro de Magé e me deslumbrei com aquele imenso tapete de estrelas. Eu me vi asteróide, vagando e me distanciando o quanto possível da gravidade dos planetas. Vou na academia do Wander. Ele me pediu e vou fazer uma demonstração de xiniquan - ou seria de artrose e colesterol alto? Não importa. Tigre é tigre, dragão é dragão. Vamos ver se amanhã acorde de pé ou me arrastando...

Nenhum comentário: